As empresas devem ganhar mais tempo para se adaptar às exigências da nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) prevista para entrar em vigor no mês de agosto

Na 6ª feira (03/04) o Senado votou pelo adiamento da entrada em vigor da LGPD. A postergação, proposta para Janeiro de 2021, ainda falta ser aprovada pela Câmara dos Deputados.

Este é mais um tema a ser tratado pelo Congresso que tem uma agenda bem intensa, composta de diferentes projetos sobre medidas transitórias para o período da crise do Coronavírus. Porém, dada a proximidade da entrada em vigor este passa a ser mais um caso urgente.